Para Os Olhos

E agora começa a minha saga de filmes. Daqueles bregas, água com açúcar e muito melaço.

Hoje resolvi falar de um clássico, que a maioria da humanidade já assistiu. Mas para entrar nos portões desse post, você, meu caro leitor, precisa ter um convite. Um cupom, isso mesmo, um cupom dourado.

Essa imagem parece ser uma das coisas mais procuradas do google, se você chegou aqui pelo google, deixe um comentário falando o motivo pelo qual você necessita do Cupom do Wonka hehehehe

“CUPOM DOURADO WONKA. Saudações a você, o sortudo ganhador desse Cupom Dourado do senhor Willy Wonka. Apresente esse cupom nos portões da fábrica às dez da manhã do primeiro dia de outubro, e não chegue atrasado. Você pode trazer com você um membro de sua família… E apenas um… Mais ninguém. Nem em seus sonhos mais loucos você não poderia imaginar as maravilhosas SURPRESAS que esperam por VOCÊ”

A Fantástica Fábrica de Chocolates não é um mistério para mais ninguém, nosso querido Wonka já abriu aqueles portões em todos os lugares do mundo e horários. Passando pela Sessão da Tarde e até mesmo pelo Cine Belas Artes. Na TV aberta, a magnífica fábrica encantada é realmente escancarada.

E é nisso que mora o grande segredo.Como é possível que ele ainda crie tamanha empolgação em quem olha, mesmo já tendo sido esgotado em nossa telinha?

Como fiquei em casa nesse final de ano (momento loser), tive o prazer de assistir ao Willy Wonka e ao seu reino.  Por um segundo a expectativa estava em níveis baixos, afinal ia assistir de novo algo que já tinha assistido tantas vezes, mas quando tudo começou, os olhos brilharam e eu me encantei.

Sim, encantei pela centésima vez.

O filme é apaixonante não pelo enredo, mas sim pela fantasia de nossa infância. Quem nunca pensou que dentro de uma fábrica de chocolates ia comer até estourar? E aquelas jujubas caindo da árvore? Um rio INTEIRO de chocolate com ingredientes misturados por uma cachoeira?( Alô Suflair, é assim que você consegue ser aerado?)

E depois da deliciosa vista do salão principal somos apresentados aos curiosos personagens habitantes da fábrica:

Os Oompa Loompas , da onde vieram? quem são? existiria realmente tal país?

Lógico que é um filme moralista, estamos falando de um filme para crianças da década de 70. Um filme para que as crianças se comportem e obedeçam as regras, para que não assistam televisão, e para que , uma grande surpresa, os pais tomem cuidado aos excessivos mimos aos filhos. Pois essa é uma crítica aos pais, e dedicada em uma música inteira na qual os Oompa Loompas dizem que para filhos tão ruins, os pais também o são.

Uma cena apavorante é a cena do barco, na qual de um modo muito estranho, Wonka mostra sua face. Aquelas luzes piscando,  imagens pulando e todo o ar psicodélico. Deve ter assustado muita criancinha.

Depois do sumiço de criança após criança, temos o desfecho, no qual o menino pobre e humilde mostra que tem bom coração e por isso é recompensado ganhando uma fábrica toda.

Quando terminou eu fiquei com aquela pontinha de esperança. Que ainda existem pessoas boas lá fora, que através da boa conduta e honestidade você pode mudar sua vida.

Uma esperança boba, mas digna de um início de ano.

Anúncios

Sobre Karla Kly

Please visit us, to travel through the world of music! http://xworldmusic.wordpress.com/
Esse post foi publicado em Para Os Olhos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s